Nosso evento terá três tipos de atividades de conteúdo:

RODAS DE
DISCUSSÕES
PALESTRAS
MINICURSOS
 
PALESTRAS
 
 
Serão apresentações que abrangem diversas vertentes da área de biotecnologia. Com convidados influentes direta ou indiretamente e engajados no fortalecimento do curso em nível nacional.
PROJETO DE REGULAMENTAÇÃO DA BIOTECNOLOGIA

Será apresentado como está o andamento da Lei de regulamentação da profissão, em que etapa nos encontramos, e o que falta para conquistarmos.

BIOTECNOLOGIA E MERCADO DE TRABALHO: desafios e oportunidades

Terá como objetivo a apresentação do painel geral para o biotecnologista empreendedor, assim como as áreas de atuação, mercado de trabalho e o seu público alvo.

MANIFESTAÇÃO PRÓ REGULAMENTAÇÃO

A LiNAbiotec tem como uma das principais pautas a regulamentação do Biotecnologista, projeto de Lei que está tramitando no Congresso Nacional. Como nenhuma PL é aprovada sem pressão, nós separamos um horário na nossa programação para um grande ato político pedindo sua aprovação, porque Biotecnologia é a profissão do futuro, e o futuro se constrói agora.

 

O Núcleo’16 reunirá representantes de cada canto do Brasil na capital federal e essa é a hora ideal para mostrarmos que a nossa profissão se torna cada vez mais fundamental para o desenvolvimento tecnológico do país. Precisamos nos reunir no Congresso Nacional e exigir reconhecimento.

DIRETRIZES CURRICULARES

É uma palestra para se debater a importância da criação de uma diretriz curricular nacional, dando continuidade ao assunto debatido previamente no Núcleo'15. As discussões e os processos elaborados deverão ter continuidade, na busca de gerar mais avanços para eventos futuros.

BIOTECTNOLOGIA E EMPREENDEDORISMO: perspectivas além da academia e carreira corporativa

Empresas e egressos apresentarão as ofertas do mercado de trabalho na área da Biotecnologia.

BIOTECNOLOGIA NO BRASIL

Será feita uma apresentação de como e por quê o curso de Biotecnologia foi criado, além de toda sua importância no Brasil.

ENCONTRO DE EMPRESAS JUNIORES DE BIOTECNOLOGIA

Breve apresentação das empresas convidadas, e uma posterior discussão sobre o que é uma EJ, assim como uma análise das etapas necessárias para a abertura bem como o porquê de se abrir uma.

BIOTECNOLOGIA E EMPREENDEDORISMO: De empresário junior a empreendedor

Relato sobre a transição de um EJ em um empreendedor de sucesso,atuante no mercado de Biotecnologia.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
COMO ABRIR UMA START UP

Apresentação das principais etapas para se abrir uma start up, bem como suas principais características e  importância.

RODAS DE
DISCUSSÃO
 
 
Espaços abertos para discussão entre encontristas e convidados, que objetivam fomentar a inquietação gerada nos participantes ao decorrer das mesmas. Objetivamos criar diversas situações em espaços mais horizontalizados, voltados para o questionamento e análise sobre os assuntos discutidos no encontro.
INTERBIOTEC

Tem como objetivo criar um espaço onde as atléticas de todos os cursos de biotecnologia do país possam interagir, conversar sobre problemas passados e suas soluções, além de ajudar universidades a abrirem suas próprias atléticas. Nesse espaço também será discutido a organização e estrutura do próximo Interbiotec.

INTERBIOTEC

Tem como objetivo criar um espaço onde as atléticas de todos os cursos de biotecnologia do país possam interagir, conversar sobre problemas passados e suas soluções, além de ajudar universidades a abrirem suas próprias atléticas. Nesse espaço também será discutido a organização e estrutura do próximo Interbiotec.

ENCONTRO DE EMPRESAS JUNIORES

Nesse espaço, as empresas poderão interagir entre si e discutir tópicos relevantes na realidade dessas empresas. Como exemplo, um dos tópicos poderá abordar sobre a filiação e organização de Empresas Juniores do Brasil.

OFICINA DE STARTUP

Nessa oficina serão formados grupos com os encontristas interessados e serão apresentados problemas existentes na nossa sociedade. Cada grupo, com a ajuda de um tutor que falará sobre startups e sua estrutura, montará uma startup biotecnológica que resolveria cada problema apresentado. Essa oficina tem em vista o melhoramento do conhecimento dos encontristas sobre startups e o seu processo de abertura.

POLOS DA LINABIOTEC

Momento onde os conselheiros e seus vices, se encontrarão para debater sobre as metas e realizações da LiNAbiotec.

 
OFICINA DE DIVULGAÇÃO DE BIOTECNOLOGIA

Um espaço onde os encontristas que submeteram trabalhos de divulgação e popularização da biotecnologia poderão apresentar seus projetos e onde discutiremos sobre métodos de divulgação de biotecnologia e popularização da ciência e como isso poderia ser aplicado acada universidade/cidade.

NÚCLEO 17

Será uma conversa com os membros dos polos da LiNA para serem colocadas e discutidas as experiências, sugestões e, ao final, a escolha da sede do próximo evento. Reunião reservada aos membros da LiNA.

COORDENADORES DE GRADUAÇÃO DE BIOTECNOLOGIA

Roda de conversa destinada aos coordenadores de ensino, presentes no evento, para discutir sobre o tema antes da palestra, além de possibilitar a concretização de suas opiniões sobre o assunto que será apresentado ao público.

MINICURSOS
 
 
Atividades externas ao encontro, onde os encontristas terão acesso à aulas praticas de diferentes disciplinas referentes ao meio biotecnológico. Os minicursos serão divididos em blocos com horários diferentes, para que você possa assistir mais de um minicurso se quiser, e os mesmos possuem uma taxa de participação simbólica, que será informada logo mais a diante.
 
 

ELETROFISIOLOGIA

 
 
 
 

TRANSGENIA ANIMAL

 
EMENTA MINICURSO (EM BREVE)

IMUNOLOGIA E BIOTEC

 
EMENTA MINICURSO (EM BREVE)
 

BIOLOGIA COMPUITACIONAL

CONVIDADOS
Palestrante: CRISTINA CASTRO LUCAS DE SOUZA
 

É professora adjunta do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília IB/UnB, na área de Empreendedorismo, Inovação, Marcas e Patentes . Coordenadora de Extensão do Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico (CDT/UnB). Coordenadora da Escola de Empreendedores; Doutora em Administração, UnB; Doutora em Ciência da Gestão  Université Paul Cezanne - Aix/Marseille III; Mestre em Gestão Social e Trabalho , UnB.

Palestrante: FRANCISCO DANILO BASTOS FORTE

Danilo Forte cursou engenharia na Universidade Federal do Ceará (UFC) e formou-se em direito na Universidade de Fortaleza (Unifor). Em 2003, foi convidado para compor a assessoria da Liderança do Governo na Câmara Federal, coordenando a área de execução orçamentária. Trabalhou na Secretaria de Coordenação Política e Relações Institucionais do governo Lula. Atualmente, em seu 2º mandato, é responsável pela tramitação do PL 3747/2015, que regulamenta a profissão de Biotecnologista e cria os Conselhos Federais e Regionais de Biotecnologia.

Palestrante: FERNANDO ARARIPE GONÇALVES TORRES

Graduado em Ciências Biológicas com Habilitação em Biologia Molecular pela Universidade de Brasília (UnB), mestrado em Biologia Molecular pela UnB  e doutorado em Molecular Cellular and Developmental Biology pela Indiana University (EUA). É professor associado da Unb, onde ministra várias diciplinas. É gestor da Centro de Biotecnologia Molecular do Parque Científico e Tecnológico da UnB em parceria com empresas no desenvolvimento de projetos biotecnológicos. É Diretor Nacional do Centro Brasileiro-Argentino de Biotecnologia (CABBIO).

Palestrante: LIDIA MARIA PEPES DE MORAES
 

Possui graduação em Ciencias Biologicas - Departamento de Biologia Celular, mestrado em Ciências Biológicas (Biologia Molecular)  e doutorado em Ph D - University Of Manchester Institute Of Science And Technology. Atualmente é professora associada da Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Bioquímica dos Microorganismos, atuando principalmente nos seguintes temas: expressão heteróloga, pichia pastoris, amilases, saccharomyces cerevisiae e celulases.

 

Palestrante: STEVE BIKO

Graduando em Biotecnologia pela Universidade Federal da Bahia, sócio da Metabolics, sócio da Semeia Tecnologia, eleito pelo MIT (Massachusetts Institute of Technology) entre as 50 mentes mais brilhantes do Brasil - 2015, intercambista pelo innovate UK (agência de inovação do Reino unido) - 2015, participou do programa de inovação do MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior)  - 2014/2015,  campeão nacional de inovação em - 2014, 3º lugar de inovação na Bahia - 2014, diretor de projetos da Eleva (Empresa jr. de Biotecnologia da UFBA) - 2014 até hoje. 

Egresso convidado: RODRIGO GURDOS

Formado em Engenharia de Bioprocessos pela Universidade estadual Paulista – UNESP. Ingressou como Trainee na Deloitte Brasil e foi promovido à Analista de negócios atuando na consultoria de Health Care & Life Science, nas frentes de Redução de Custos, Gestão de Estoque e Logística nos hospitais Beneficência Portuguesa em São Paulo e São Vicente de Paulo no Rio de Janeiro. Atualmente, é Fundador e Diretor de Operações da startup Remédio Certo, premiada com o 1º lugar do Programa de Incentivo ao Empreendedorismo da Prefeitura de São Paulo – VaiTec, e 3° Lugar no DemoDay do Startup Farm 12° Edição.

Egresso convidado: RENATO SANTANA

Renato Santana de Oliveira é Bacharel em Biotecnologia pela Universidade Federal de Alfenas. Mestrado em Química pela Universidade de Brasília. Atualmente é professor colaborador da Escola de Empreendedores da UnB e doutorando em Tecnologias Quimicas e Biológicas. Desde 2013 é sócio fundador da Macofren Tecnologias Químicas, uma startup de base tecnológica incubada no Centro de Apoio ao Desenvolvimento Científico da UnB (CDT-UnB)

Ministrante: CRISTIANE DA SILVA FERREIRA

Bacharel em Ciências Biológicas  pela Universidade Federal do Pará (1999), mestrado (2002) e doutorado (2006) em Ciências Biológicas (Botânica) pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia-INPA. Atualmente é Professora na Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Biologia Geral, com ênfase em Botânica, atuando principalmente nos seguintes temas: ecofisiologia vegetal, mecanismos para a tolerância das plantas ao alagamento, germinação de sementes e estabelecimento de plântulas, bioquímica e metabolismo vegetal, morfoanatomia ecológica.

Ministrante: NÁDIA SKORUPA PARACHIN

Graduada em ciências biológicas (bacharel e licenciatura) pela UnB, mestrado em biologia molecular pela UnB e doutorado em engenharia química pela Universidade de Lund (Suécia), no desenvolvimento de ferramentas biotecnológicas para produção de biofármacos e bioetanol. É professora adjunta da UnB e colaboradora da Pós-Graduação em Ciências Genômicas e Biotecnologia da Universidade Católica de Brasília (UCB). Possui experiência na área de Bioquímica, em biologia Molecular e fisiologia de microrganismos, atuando em engenharia metabólica e bioprocessos.

Ministrante: ANTÔNIO CARLOS TORRES

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Viçosa, mestrado em Fitotecnia pela Universidade Federal de Viçosa e doutorado em Botany-University of California. Pós doutorado na University of Florida. Pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária de 1975 a 2009. Consultor da Embrapa em 2010. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Biotecnologia, atuando nos seguintes temas: cultura de tecidos, biotecnologia, micropropagação, plantas transgênicas e transformação genética. 

Ministrante: EDUARDO DE OLIVEIRA MELO

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Goiás, mestrado na mesma universidade e doutorado pela Wageningen University & Research Center, Holanda, em Genética e Melhoramento de Plantas. Atualmente é pesquisador na Secretaria de Relações Internacionais da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e editor chefe da revista Horticultura Brasileira. Foi membro do Consórcio Internacional para Sequenciamento do Genoma da Batata-PGSC. Em 2014, foi agraciado com o prêmio Marcílio Dias, condecoração máxima auferida pela Associação Brasileira de Horticultura.

Ministrante: LEANDRO AMBRÓSIO CAMPOS

Bacharel e licenciado em Ciências Biológicas pela Universidade de Brasília. Mestre e Doutor pelo programa de Pós-gradução em Biologia Animal da Universidade de Brasília. Atuou como professor substituto na Universidade de Brasília onde lecionou as disciplinas Elementos de Fisiologia I e II e Anatomia Comparativa dos Vertebrados. Desde 2012 é bolsista PNPD no Instituto de Biologia da UnB na área de eletrofisiologia. Tem experiência na área de Zoologia, Anatomia e Fisiologia Comparada de Vertebrados e Eletrofisiologia. 

Ministrante: LORENA DA SILVEIRA DERENGOWSKI

Possui graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas pela UnB, graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas pela UnB, mestrado em Ciências Biológicas (Biologia Molecular) pela Universidade de Brasília e doutorado em Ciências Biológicas (Biologia Molecular) pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisador colaborador da Universidade de Brasília e bolsista de Pós-doutorado. Tem experiência nas áreas de Microbiologia, Biologia Molecular e Imunologia, atuando principalmente nos seguintes temas: fungos patogênicos, genes diferenciais, interação patógeno-hospedeiro e virulência.

Ministrante: ELEUZA RODRIGUES MACHADO

Possui graduação em Biologia e Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), mestrado em Imunologia e Parasitologia Aplicada pela UFU, doutorado em Parasitologia pela Universidade Estadual de Campinas, Pós-doutorado em Parasitologia pela Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto, Pós-doutorado em Imunologia pela Tufts University School for Medicine, USA e Pós-doutorando em Biologia Molecular e Celular pela  UnB. Atualmente é Pesquisadora Colaboradora Pleno junto ao Laboratório de Imunologia Celular, Área de Patologia da Faculdade de Medicina da UnB.